Consumo de chá e a redução de doenças cardiovasculares

Desde a antiguidade, as plantas são utilizadas como produtos terapêuticos. O chá, por infusão, é a forma mais popular dos diferentes produtos de origem vegetal utilizados, ricos em compostos biologicamente ativos que contribuem para a prevenção e o tratamento de diversas patologias.


O chá verde, atualmente, é a bebida mais consumida no mundo depois da água. Diversas pesquisas apontam uma variedade de efeitos benéficos concomitantes ao consumo regular do chá verde, principalmente na prevenção de algumas patologias como câncer, disfunções vasculares, obesidade e inflamação.


Dentre os diferentes tipos de infusões, o chá verde se destaca, uma vez que diversos estudos demonstram que seu consumo regular reduz níveis de colesterol plasmático, agregação plaquetária e protege as lipoproteínas LDL da oxidação.


Essas ações do chá verde sobre o sistema cardiovascular ocorrem devido aos compostos bioativos presentes, as catequinas, que apresentam um amplo espectro de atividades funcionais, principalmente potente ação antioxidante.


Como qualquer substância em excesso, o chá verde pode acarretar algumas disfunções no organismo. Por isso, é importante buscar orientação de um profissional nutricionista antes de iniciar o consumo.


VEJA TAMBÉM

A boa alimentação que aumenta a imunidade


Ficou com alguma dúvida? Envie sua pergunta para rebricpelavida@gmail.com


Mirian Lúcia Joo - Nutricionista

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo