Psicoterapia na era digital

Temos muitos estudos com Ferenczi, Jung, Nise da Silveira, Winnicott e outros grandes nomes da Psicologia que mostram a importância do vínculo, da relação próxima, frente a frente nos casos de transtornos severos como depressão, estados borderlines, síndrome do pânico e outros transtornos da nossa época, que se agravaram com a pandemia.


Diante da situação pandêmica, o Conselho Federal de Psicologia liberou o atendimento online. Os psicólogos estão atendendo alguns pacientes, muitas vezes por morarem longe e não poderem ir ao consultório, e que estão com uma necessidade premente de atendimento, mas essa não é a situação ideal.


Temos técnicas e manejos próprios para estes transtornos que requerem proximidade, pois o contato no olhar, o acolhimento, o afeto catalisador são essenciais no transtorno depressivo, síndrome do pânico e estados borderlines. Precisam ser editados princípio de realidade, mecanismos de defesa para lidarem com ansiedade, muitas vezes devastadora, sensação de desamparo, angústias, sendo assim, a proximidade é sempre importante.


Atendimento online deve ocorrer só em último caso, quando não há outra opção e fazer psicoterapia torna-se uma necessidade imprescindível.


Profa. Dra. Denise Hernandes Tinoco



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo