Enfermeira que fala ao paciente

tratamento

Prevenção

 

A prevenção da Doença do Coração Fraco acontece por meio da adoção de um estilo de vida saudável, com a prática regular de atividade física, alimentação balanceada e evitar práticas como: fumar, consumir bebidas alcoólicas e o estresse É preciso também adotar o hábito de visitar um cardiologista anualmente. Com essa regularidade, é possível avaliar a pressão arterial e identificar a presença de fatores de risco que possam desencadear o desenvolvimento da doença.

 

Tratamento

 

Muitos acabam acreditando que a vida após o diagnóstico é extremamente restrita e sinônimo de dificuldades para realizar as tarefas do dia a dia, mas com disciplina e força de vontade é possível viver com mais qualidade.

Fisioterapia

 

O tratamento fisioterapêutico para a insuficiência cardíaca geralmente envolve exercícios aeróbicos, respiratórios e de alongamento, assim como, treinos de equilíbrio e resistência para ajudar a diminuir os sintomas da doença e aumentar a capacidade física do paciente, tornando-o capaz de retomar suas atividades diárias.

Alimentação

 

De modo geral a alimentação deve ser pobre em colesterol, gordura saturada e gordura vegetal hidrogenada. Deve-se reduzir o uso de sal (sódio), alimentos processados, enlatados e embutidos. A ingestão de líquidos deverá ser reduzida, conforme orientação do médico e do nutricionista.

Medicamentos

 

Os medicamentos indicados para o tratamento da Insuficiência Cardíaca possuem o objetivo de auxiliar no melhor funcionamento do coração como também no controle dos sintomas decorridos da doença. Os medicamentos são divididos nas seguintes categorias:

 

Remédios inibidores do ECA: dilatam os vasos sanguíneos, diminuindo a pressão e facilitando o trabalho do coração;

 

Remédios diuréticos: ajudam os rins a eliminarem o excesso de água, diminuindo o excesso de sangue no coração e prevenindo o aparecimento de inchaços no corpo;

 

Remédios diuréticos poupadores de potássio: eliminam o excesso de água, mantendo os níveis de potássio para fortalecer o músculo do coração;

 

Remédios cardiotônicos: ajudam a aumentar a força das contrações do coração e estabilizam os batimentos cardíacos irregulares;

 

Remédio betabloqueadores: diminuem a tensão sobre o coração, permitindo diminuição dos batimentos cardíacos e aumentando a força do músculo cardíaco.

 

IMPORTANTE!

 

Os medicamentos e dosagens variam de caso para caso dependendo dos sintomas e nível da doença no paciente, por isso, sempre converse com seu médico e tire suas dúvidas antes de tomar qualquer iniciativa.

Deixe o seu comentário

Desenvolvido por DS ASSESSORIA

Apoio DEIC/SBC

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon